Você precisa aprender a dizer não

novembro 20, 2016


 Nossos pais nos ensinam desde crianças que devemos ser generosos, atenciosos, fazer favores entre outras qualidades que nos classificam como "bonzinhos". Isso não é ruim - na verdade é o que esperamos do próximo também -, queremos trocas, apoio, atenção, esse é o principio das relações humanas. O problema é que tudo em excesso atrapalha e não adianta o quanto você tente, no fim vai perceber que está totalmente envolvido em uma situação que não te caberia. Admita, é uma desgraça. Você ensaia, imagina uma cena, faz um discurso, mas no fim a única palavra que sai da sua boca é um sonoro e arrependido "sim". Por experiência própria posso lhe assegurar que isso vai te matar aos poucos, e vai começar pela sensação de estar sempre em dívida. Pare, é sério. Não é ruim dizer: "hoje eu não posso" ou "estou ocupado demais", mesmo que seja mentira, as vezes você só precisa de um tempo sozinho, um banho demorado ou sei lá, você só não está a fim mesmo. Acredite em mim, isso não é o fim do mundo. Dizer não, quando você não quer fazer algo é necessário. Não é egoísmo, por mais que seja o primeiro sentimento a brotar no peito depois de dizer um não. Quanto mais falamos "sim" mais difícil fica dizer "não", tudo vai conspirando para que você abra a boca e solte a bendita palavra. 
Você poder ficar no meu lugar hoje ? "sim, claro"
Posso usar seu moletom ? "sim, sem problemas"
Me empresta 100 reais ? "sim, pegue aqui"

Já parou pra pensar em quantas vezes você deixou de fazer algo por si mesmo para atender o pedido de alguém ? Ou nos sonhos que você adiou porque alguém precisava de você ? E ainda, já pensou nas vezes em que aceitou fazer alguma coisa e se arrependeu no minuto seguinte ? Pois é, isso não faz bem. De que adianta colocar um sorriso no rosto do outro e se encher de tristeza ?! Acho que não vale a pena. Claro, ninguém é feliz sozinho, todos precisamos de ajuda, mas tudo tem limites. Avalie suas prioridades, coloque seus planos na mesa, seus sonhos na frente e encontre um espaço para os que te cercam. É possível;  acima de tudo necessário. Uma hora dessas você vai pirar e muitos dos que estão, agora, te pedindo favores vão desaparecer ou te julgar por não ter aguentado a barra. Não confunda amizade com exploração, você não precisa viver em função do outro para ser alguém querido. Priorize-se!

Compartilhe esse post: