Critica: Sense 8 episódio especial de natal

dezembro 24, 2016


Hoje pela manhã tive o prazer de assistir o episódio especial de natal de Sense 8, uma das séries mais complexas que já assisti. Se você não conhece nada sobre ela, o blog já fez uma resenha completinha sobre tudo que aconteceu na primeira temporada, basta clicar aqui para saber mais. No entanto, acredito que ainda vale relembrar a premissa:

"A série mostra a história de oito pessoas vivendo em diferentes lugares do mundo que são ligadas por um evento pisiquico, em tese suas mentes estão conectadas e todos eles podem se comunicar através dos pensamentos e até mesmo adquirir habilidades, força e sentimentos. Claro que tudo isso é ameaçado por um vilão sombrio envolvido com uma organização misteriosa. "

Durante as duas horas em que a história é contatada é possível entender o que as irmãs Wachowskis consideram como mais valioso no universo perturbado dos Sensates: empatia. Várias cenas mostram isso, a união entre o grupo, a preocupação com a segurança, além da dinâmica proposta para expor como a realidade de cada um é sentida. Um bom exemplo disso é o que Lito está enfrentando em relação a sua sexualidade e a forma como a mídia o persegue em busca de fotos e matérias sensacionalistas.

Outro ponto importante desse especial, fica por conta da trilha sonora, como sempre impecável. Sense 8 é uma daquelas séries em que você consegue entender a importância da música na vida, é como se o momento fosse preenchido perfeitamente pela letra da canção sem a necessidade de nenhuma fala dos personagens.  A delicadeza das cenas de sexo em grupo também é um presente a parte, sem sexismo barato ou exposição desnecessária dos atores.


Dito tudo isso, o que você pode esperar desse episódio ? 
Sinceramente, tudo foi construido para trazer de volta a emoção e os motivos pelos quais a série vale a pena. Nada de muito revelador, por isso mantenha as expectativas no neutro. Esse pequeno presente de natal dado pela Netflix é um convite ao que a segunda temporada promete. A série desde seu primeiro episódio se trata de "conexões", uma via de mão dupla que pode ser boa ou ruim. Esse é o grande mistério da trama, não sabemos a onde estamos sendo levados, mas sabemos pra onde queremos ir. Por isso, aproveite cada minuto do episódio, não perca tempo procurando pontas soltas ou pistas para a segunda temporada até porque ela ainda não começou.
Assista ao trailer do episódio e você vai entender perfeitamente o que estou dizendo:


Classificação: ★ ★ ★ ★ (Ótimo)

Compartilhe esse post: